O usuário que quiser poderá excluir a conta do Outlook.com a hora que quiser e quando achar necessário. Muitas vezes utilizamos um serviço e por diversos motivos temos a necessidade de exclui-lo. Com o outlook.com acontece a mesma coisa.Excluir outlook.com

Ao excluir o outlook.com a conta será totalmente removida e não será possível acessar os emails e todas as informações associadas a ela também será perdido, portanto, tenha certeza que não vai utilizar o email do Outlook para entrar em outros serviços web.

Abaixo nós criamos um tutorial ensinando como excluir a conta do outlook.com passo a passo. Leia com atenção e tenha consciência que ao deletar a conta todas as informações serão perdidas.

Excluir outlook.com (Tutorial)

Seguindo os passos abaixo você conseguirá excluir sua conta do outlook.com.

1 – Acesse o site outlook.com
2 – Faça o login na conta do outlook.com
3 – Selecione o seu usuário (localizado no canto superior direito)
4 – Clique em “Configuração de conta
5 – Clique na última opção “Feche a conta

Ao excluir a conta do Outlook.com o usuário perderá todos os dados associados a ela, portanto, tenha certeza que quer fazer isso. O processo é irreversível. Como consequência ao deletar uma conta do outlook.com o usuário não poderá mais acessar o email do outlook ou qualquer outro serviço associada a ela.

6 – Se tiver certeza que quer excluir o outlook.com para sempre informe a senha da sua conta e clique em “Avançar
7 – Na próxima tela é só clicar em “Desativar conta
8 – Será necessário fazer o login novamente e para confirmar basta clicar em “Desativar conta
9 – Ao excluir a conta do outlook.com aparecerá a mensagem “Sua conta foi desativada”.

IMPORTANTE

Ao excluir a conta do outlook.com todos os emails serão excluídos, no entanto, o endereço de email ficará reservado ao usuário por 365 dias. Caso queria voltar a usar a conta basta acessar a conta novamente com o login e senha para reativá-la. Se isso não acontecer durante este período a conta poderá ser registrada por outra pessoa.


Comente através do Facebook