A partir de agosto, a companhia aérea Gol vai cortar a oferta de cerca de 200 voos domésticos semanais, principalmente nos trechos brasileiros, afirmou presidente o da empresa, Paulo Sérgio Kakinoff. Linhas Aéreas Gol OfertasA segunda maior companhia de linhas aéreas do Brasil tomou a medida de redução, em 9% das ofertas, visando o ajuste da empresa em relação à alta do dólar.

Diariamente, a empresa área Gol realiza 950 voos, resultando no total de 6.650 mil trechos semanais, incluindo rotas nacionais e internacionais. De acordo com Kakinoff, a redução não será linear, portanto, alguns dias da semana serão menos afetados pelos cortes do que outros.

Corte na oferta de voos da Gol

Anteriormente, a empresa tinha a expectativa de cortar em 7% a oferta de voos. Porém, a GOL soltou novo comunicado revelando que a redução seria de 9%. “O ambiente externo evoluiu negativamente para a companhia”, comentou Kakinoff.  Mesmo reduzindo a oferta, a companhia reafirmou que espera para este ano uma margem operacional entre 1% e 3%.

Ofertas voos Gol

Gol vai limitar a quantidade de voos domésticos no Brasil

Cerca de 55% dos custos operacionais da companhia de linhas aéreas Gol estão atrelados à moeda norte-americana, principalmente combustíveis (43%), que têm o preço definido pelo dólar. Isso sem contar as despesas com o leasing de aviões.  Esse novo cenário vai custar R$ 900 milhões às empresas aéreas brasileiras este ano, isso caso moeda norte-americana fique por volta dos R$ 2,25.

No ano passado, a Gol linhas aéreas também tomou medidas redutivas na oferta no número de voos para recuperar a rentabilidade.  Apesar dos cortes, o presidente da companhia também afirmou que a empresa não pretende fazer demissões.


Comente através do Facebook