Se você entrou no Hotmail e apareceu o Outlook.com não se assuste, isso aconteceu porque, a partir de agora o novo serviço de email grátis da Microsoft não será mais o Hotmail.com.br, e sim o Outlook.com. Entrar Hotmail aparece Outlook.com

Desde o ano passado que a empresa vem fazendo testes com o Outook.com para que ele fosse o substituto do Hotmail, isto porque o antigo serviço contava com diversos problemas, alta quantidade de spans, dificuldade com entrar na conta. Segundo a empresa estes problemas foram melhorados em seu novo serviço, o outlook.com.

Para o usuário não mudar nada, além é claro, do visual do Outlook.com que é mais limpo que o antigo Hotmail. Entretanto, será possível continuar usando o email do Hotmail normalmente, mesmo acessando o endereço www.outlook.com.

No começo da migração o usuário, ao entrar no Hotmail tinha a opção de atualizar para o outlook.com e voltar a usar o Hotmail, caso quisesse, no entanto, a partir de agora o usuário será obrigado a usar outlook.com. Não adianta reclamar. Segundo a Microsoft nos próximos meses todos os usuários que entrar no Hotmail deverão usar o outlook.com. A partir de agora a tendência é o Hotmail ficar obsoleto.

Caso entrar no Hotmail e não visualizar a versão nova aguarde, pois a conta será atualizada para o outlook.com automaticamente. Se quiser testar a nova versão basta entrar em www.outlook.com e fazer o login no Hotmail, utilizando seu email e senha normalmente.

Para que os usuários entendam as mudanças entre o Hotmail e o Outlook.com a empresa criou uma página de introdução ao Outlook onde é possível conferir um vídeo ensinando como utilizar seu novo serviço de email assim como conferir dúvidas básicas relacionada a integridade de seus dados, funcionamento nos mais diversos navegadores, configurações Pop3/SMTP e muito mais. Vale a leitura.

Como dito anteriormente, quem entrar no Hotmail vai visualizar o Outlook.com. Não há maneiras de voltar à interface antiga do Hotmail, cabe a cada um se atualizar e se acostumar ao novo serviço. A outra saída é utilizar outros serviços de email como Gmail ou Yahoo.


Comente através do Facebook